quinta-feira, 10 de março de 2011

Viver em Cristo é estar pronto para Renunciar

"Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo." (Lucas 14:33)
Introdução: Quem nunca renunciou alguma coisa em sua vida, principalmente renunciar algo que você tanto gosta ou que você tanto ama? Renunciar é algo ardo e difícil, mas foi isso que Jesus deixou bem claro em Lc 14:33, para ser discípulo de Jesus devemos esta preparado e disposto a renunciar TUDO que temos. Tais como:
 
Renunciar à impiedade e às concupiscências mundanas.
A palavra de Deus é bem clara em Tito 2: 12 que diz "Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, e justa, e piamente". Quando o apóstolo Paulo cita na carta a Timóteo a seguinte frase, renunciado á impiedade e ás concupiscência mundanas, o apóstolo deixa claro que devemos abandonar a descrença, ou seja, a falta de fé em Cristo. Lembre-se, sem fé ninguém agrada a Deus, a fé sem obras é morta. Se quisermos fazer algo para Deus façamos com fé, caso contrario, estaríamos desagradando a Deus.
Se realmente queremos ter comunhão com Cristo, devemos renunciar as concupiscências mundanas as abandonar as paixões mundanas. Em Tiago 4: 4 diz não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? “Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.” Quem se torna amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus, por essa razão não devemos em hipótese alguma concordar, aceitar e muito menos usar artifícios mundanos na casa do Senhor e em nossos vidas.
 
Renunciar a Si Mesmo.
Em Mateus 16 : 24 disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me;" não existe meio termo a palavra de Deus é clara e direta, se queremos ser seguidores de Jesus Cristo devemos renunciar a nos mesmos, na bíblia atualizada o mesmo versículo diz, se alguém quer ser meu seguidor, esqueça os seus próprio interesses, esteja pronto para morrer como eu vou morrer e me acompanhe.


Renunciar a carne
"Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também." (Efésios 2:3).
Se realmente queremos viver uma vida em Cristo, temos que esta preparada para renunciar os desejos de nossa carne, pois todos aqueles que andam nos desejos da carne e fazem a vontade da carne e dos pensamentos não são considerados filhos de Deus, mas filhos da ira. Em romanos 8:1 diz “PORTANTO, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito”. A palavra de Deus é clara e direita, portanto, agora não há nenhuma condenação para os que estão em Cristo Jesus, mas não devemos descarta a parte B deste versículo, que não andam segundo a carne, mais segundo o espírito.
Renunciar a vida
"Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas, qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará." (Marcos 8:35)
Falar de morte é um assunto que muitos não gostam e evitam, porque durante toda a sua existência o homem não aprendeu a lidar com a morte. A pergunta é, porque o homem ainda não aprendeu a lidar com morte? Porque o homem não foi criado para morrer. A vida é o bem mais precioso que um homem pode ter, o fôlego de vida foi o primeiro presente que Deus deu ao homem após cria-lo, mas Jesus deixo bem Claro que se queremos viver eternamente temos que esta preparados renunciar a nossa vida. A vida é um bem valiosíssimo que um homem pode carregar com sigo, entretanto, existe duas coisas mais valiosas do que a vida, que o próprio Jesus deixou bem claro em Mateus 8 :35.
qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará."
O bem mais valioso que homem pode carregar consigo e o amor por Jesus e pelo evangelho. Um amor tal que pode levar um homem a entregar sua própria vida a morte.

No amor de Cristo, Rafael Willison

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...