sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

INCENDEIA A SUA NOIVA? - Por Ciro Sanches Zibordi



Outra  canção  que  fez  (e  ainda  faz)  muito  sucesso  no  meio  evangélico  é  "Ele  vem", também conhecida como "Incendeia". Ela começa assim: "O tempo de cantar chegou; o tempo de dançar chegou; o tempo de cantar chegou". Não há nenhum apoio bíblico à frase: "o tempo de dançar chegou", pois a dança nunca foi e nunca será prioritária para a Igreja. Precisamos ter objetivos mais nobres. Mas tenho de ser convincente em minha explanação, uma vez que os amantes    ou adoradores    da dança,  em sua maioria, poderão  ficar  indignados  com  essa  análise.  Por  isso,  discorrerei  sobre  o  assunto  no último capítulo, de maneira específica e pormenorizada.

"O  tempo  de  cantar  chegou".  Para  o  servo  do  Senhor,  sempre  é  tempo  de  cantar louvores.  Mas  estamos  num  tempo  em  que  devemos,  além  de  entoar  lo uvores,  ler  e estudar a Bíblia (1 Tm 4.13; Is 34.16), chorar diante do Senhor, em adoração (Jr 31.9), buscar mais a sua presença (Jr 29.13). Àluz da Palavra do Senhor, é também tempo de evangelizar (At 1.8), de guardar o que temos recebido do Senhor (Ap 3.11), de vigiar (Lc 21.36).

Concordo  que  cantar    quando  de  fato  cantamos  louvores    é  muito  importante, porém não é a nossa prioridade. As últimas palavras de Jesus, antes de ser assunto ao céu, foram mandamentos e orientações quanto à evangelização do mundo e à formação de discípulos (Mc 16.15; Mt 28.19). Por isso, em vez de "O tempo de cantar chegou", eu  prefiro:  "O  tempo  de  pregar  o  evangelho  em  todo  o  mundo  e  fazer  discípulos  de todos os povos chegou".

"E Ele vem, e Ele vem saltando pelos montes [2 vezes]. E seus cabelos, e seus cabelos são  brancos  como  a  neve  [2  vezes].  E  nos  seus  olhos,  e  nos  seus  olhos    fogo.
Incendeia, Senhor, a sua noiva. Incendeia, Senhor, a sua igreja. Incendeia, Senhor, a sua casa. Vem me incendiar!"
— Quem vem? — pergunta um novo convertido.
— O Noivo. — Alguém lhe responde.
— Que Noivo?
— Cristo, o Noivo da Igreja! Nós somos a sua noiva. Você não sabia?
— Sim. Mas Jesus vem saltando pêlos montes, com fogo nos olhos, para incendiar a sua Noiva?! — surpreende-se o neófito.

Essa  letra  é  realmente  estranha,  a  despeito  de  basear-se  em  passagens  isoladas  de Cantares de Salomão e Apocalipse. Não ignoro que os dois livros bíblicos sejam ricos em  linguagem  figurada.  Mas  tudo  tem  limite.  Combinar  as  descrições  simbólicas contidas nos mencionados livros, sem contextualização e plausibilidade, não reflete boa exegese.  Afinal,  que  Noivo  é  esse,  que  tem  cabelos  brancos,  fogo  nos  olhos  e  vem saltando pelos montes para incendiar a sua noiva?

Extraido do livro Erros Que os Adoradores Devem Evitar, Autor Ciro S. Zibordi, Editora CPAD.
Analisado e Postado Por: Rafael Willison

Deixe seu Comentário: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...